"Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás..."   Eclesiastes 11:1-9


O tempo em que vivemos é extremamente desfavorável pra quem deseja de todo o coração investir nas coisas de Deus.  Disso isso refletindo a visão que a maioria das pessoas tem acerca disso.  Com certeza muitos aqui foram sinceramente inquiridos sobre a sua decisão de preparar-se para o futuro, preparando-se para a obra de Deus e possivelmente questionados se essa seria a melhor alternativa, se investir na carreira secular não seria mais seguro, "afinal de contas é um investimento de risco, quatro anos que podem não servir pra nada", diriam alguns.
Esse texto de Eclesiastes esconde um estímulo do céu pra quem quer investir na obra de Deus com o bem mais precioso que tem, sua própria vida, senão vejamos:

É um investimento que tem retorno certo mesmo que não seja imediato. ( v.1 )

Quem investe a vida nas coisas de Deus confia a base de seus recursos  à   instabilidade  do  tempo   presente, porque  no contexto bíblico, o pão é sinônimo das nossas   necessidades primárias, dos nossos recursos  básicos para a vida.
É o ato de investir em meio à instabilidade do mundo, é investir pela fé ( Mt.4:19 ) e é até mais que investir, é investir-se pela fé!    Sabemos que  o investimento que se faz pela fé produz resultados porque você lança o pão nas águas e ele desaparece, um dia entretanto, ele   volta,   produz resultados, e esse é o milagre da fé.
Pode ser que esse "pão" lançado nas águas volte em forma de peixe, jogamos o pão, que serve de alimento aos peixes pra que  se alimentem e sejam pescados, aliás, pães e peixes são sempre uma ótima receita de milagre, Jesus que o diga !
Investir na obra de Deus é não saber ao certo quais serão os resultados mas saber que eles virão; e só os que tem fé investem suas vidas com esta ousadia característica de quem acredita que "...os que semeiam em lágrimas, voltarão com alegria trazewndo consigo os seus molhos."

É um investimento que enfrenta o mal e prevalece pelo bem. ( v.2 )


O mal é uma certeza na vida ( Gn.6:5 ),  e  a razão dessa certeza é que o mal se apresenta como os fenômenos naturais se apresentam no mundo.  ( v.3 )            Em   outras  palavras  o  mal  é   natural,   inerente  à   criação contaminada pelo pecado.    O mal é portanto uma certeza !        Você não sabe que tipo de mal pode esperar, mas sabe que algum mal sobrevirá. ( Mt.10:16 )
É por isso que o evangelho é maravilhoso!   O evangelho no coração dos servos de Deus os possibilita prevalecer sobre este mundo mal pelo bem que fazem ao anunciar Jesus Cristo. ( Sl. 37:3 )
Quem teme a Deus é generoso, reparte o que tem de mais precioso, compartilha a bondade da pessoa mais bondosa que o mundo já viu, anuncia os conteúdos de caráter do um homem/Deus, Jesus Cristo. ( I Pe.4:19  )    É por isso que investir na obra de Deus é necessário, mas precisa ser feito pela fé. ( v.4-5 )   Se olhar as nuvens jamais investirá seus recursos, sua vida, mas se olhar para Deus, sim !  Você é um instrumento potencial da bendita salvação de Cristo ao perdido nos grilhões da maldade. ( Rm.12:21 )  É fazendo o bem, é falando por exemplo e por palavras que você vai investindo na eternidade, em vidas, o investimento mais precioso e lucrativo que alguém pode fazer e por certo você terá resultados !!!  ( Pv.11.30 )

É um investimento que custa muito, mas salva a vida da vaidade. ( v.6-8 )

Investir nas coisas de Deus é a única maneira de fazermos com que nossas vidas não sejam vaidade. ( Ecl.1:2 )   A palavra vaidade na Bíblia significa originalmente vazio, oco, desolação, abandono, trata portanto de um estilo de vida, de uma forma de pensar. ( Ef.4:17 ; II Pe.2:18 )
A vida do servo de Deus só tem sentido quando é investida nas coisas de Deus, do contrário é sentimento de ausência, de insatisfação, de frustração.
A sabedoria de Eclesiastes nos ensina a vivermos com propósito ( v.9 ), o propósito do que investe pela fé é agradar a Deus, é produzir para Deus, é frutificar para Deus, é direcionar todos seus recursos existenciais para as coisas de Deus, porque: "... por todas estas coisas te trará Deus a juízo."
Deus requererá de todos nós o fruto do nosso investimento ! ( II Cor.5:10 )

Quando falamos de investimento, não o dizemos na perspectiva do investidor secular que investe para ter lucro pessoal e que também corre o rico de perder tudo numa virada de mercado.
Falamos de um investimento que muito abençoa a quem investe e que dá lucro certo, um lucro que é todo do Reino de Deus!
Vale à pena investir nas coisas de Deus!  Por isso invista já,  invista sua vida, seus recursos materiais, intelectuais, vocacionais e espirituais porque o tempo é mais que favorável !


                                                                                                               Creia e viva!

                                                                                                                                  Pr. Ebenézer Rodrigues


Transcrição da mensagem pregada pelo Pr.Ebenézer em uma das devocionais no Instituto Batista Missionário em 2007.

Tags: Vida Cristã